Micoterapia: o que é isso ? - Naturopatandco

Micoterapia
Conteúdos

    A micoterapia é uma medicina alternativa, natural e complementar que utiliza as virtudes medicinais dos cogumelos para se tratar a si próprio. É ainda desconhecido do grande público e, no entanto, caro leitor de naturopatas, é um valor acrescentado maravilhoso para a saúde.

    Um medicamento que atravessou os séculos


    Esta prática não é nova pois provavelmente remonta a milhares de anos atrás com a sua presença na medicina tradicional chinesa. Começou a chegar à Europa em 1997 com o médico alemão Jan Ivan Lelley, que a descreveu como "a ciência da utilização de cogumelos para fins medicinais".
    Actualmente, a micoterapia está presente no enorme mercado de suplementos alimentares.

    Uma ciência que tende a ser reconhecida


    Polissacáridos, glicosamidas, terpenos, etc. Muitos dos princípios activos presentes nos cogumelos são cientificamente reconhecidos como tendo propriedades medicinais. Cada vez mais estudos científicos estão a provar a eficácia medicinal dos cogumelos. O potencial terapêutico é promissor, particularmente em cancerologia, com a acção de estimular o sistema imunitário.

    Micoterapia, medicina para a humanidade


    Combater as infecções e a tensão arterial elevada, limitar o excesso de colesterol e açúcar no sangue, proteger os rins e o fígado, etc. Numerosos estudos têm demonstrado a eficácia da micoterapia no tratamento de uma vasta gama de perturbações.

    Como podem ser explicadas as propriedades medicinais dos cogumelos?


    Uma grande parte das propriedades medicinais dos cogumelos pode ser explicada pelos beta-glucanos. Estas são moléculas semelhantes a uma cadeia de vários açúcares colados longitudinalmente.

    Beta-glucans, a refeição do campeão


    Uma vez ingeridas durante uma refeição, as moléculas e nutrientes (incluindo beta-glucanos) são absorvidos pelo nosso intestino. Entram então na corrente sanguínea em pequenas quantidades, o que estimula o sistema imunitário e afecta os vários metabolismos.

    Beta-glucans, o treinador do sistema imunitário


    O sistema imunitário é a peça central da nossa defesa contra os agentes patogénicos e ajuda-nos a manter-nos saudáveis. A estimulação do sistema imunitário com beta-glucanos facilita a destruição de micróbios (bactérias, vírus, parasitas, etc.) e também de células cancerosas.

    Beta-glucans, uma esperança para combater o stress oxidativo


    Além de estimular o sistema imunitário, os beta-glucanos actuam como um anti-oxidante, protegendo as células contra os radicais livres, que são muito tóxicos para o nosso organismo. Eles são responsáveis pelo stress oxidativo que acelera grandemente o envelhecimento do nosso corpo.

    Beta-glucans, o aliado da saúde cardiovascular


    Os Beta-glucanos são multi-tarefas:

    - Reduzem a absorção e aumentam a eliminação de gorduras, o que limita o excesso de lípidos e colesterol no sangue.

    - Diminuem o pico glicémico, o que limita o excesso de açúcar no sangue.

    - Demasiado alto ou demasiado baixo, os beta-glucanos normalizam a tensão arterial.

    O potencial dos beta-glucanos é promissor na estratégia para reduzir os riscos cardiovasculares.

    Para saber mais sobre o tema Micoterapia